segunda-feira, 27 de outubro de 2008

O acordar

foto by negateven - deviantART

Ali estava eu..
Perdido pelos sonhos
Quando derepente um ruido ao longe
Ruido esse que vai ficando cada vez maior
Que se vai aproximando deixando o sonho extinguir-se

A mao...
Começa a ganhar força
Movendo-se lentamente e com apenas um simples toque
Todo aquele barulho desaparece
e o silencio volta a dominar tudo à sua volta

Os olhos abrem-se...
Nada mais existe que uma escuridão imensa
Apenas uma luz.. uma pequena luz
Como se fosse uma estrela sozinha neste universo imenso
Brilha la no fundo

O corpo ganha vida..
Erguendo-se daquele mundo quente
Apenas com o desejo de voltar para ele
Construir de novo tudo o que tinha
Mundo esse que é unico e meu

A mente..
Desperta para a realidade
E nesse momento
Depois de os membros esticar
A boca se abrir
os olhos esfregar
Começo a pensar
"Vai começar um novo dia.."

23 Abr 2008

(Sem vontade para escrever algo novo...)



10 comentários:

A Rapariga Assim Assim disse...

Um dia essa estrela acaba por brilhar como qualquer outra e mistura-se na imensidão que te rodeia!
E outro dia uma nova estrela brilha como um cometa e parece acenar no meio de tantas outras!

cαтια. disse...

Lindíssimo.
Um beijinho*

Edu disse...

Bem se nao me engano acho que foi a 1 coisa que li tua e adorei na altura tal como adorei reler agora.
abraço

A Rapariga Assim Assim disse...

Voltei para falar da novidade do perfil, adorei a música. Sabias que estou a morrer? Vai ver ao meu canto! ;)

Ana Carolina disse...

Obrigado pela visita! :) Gostei muito das tuas palavras assim-assim. ;)

Joana disse...

não conhecia isso!...

sim! vai começar um novo dia ;)
Gostei do texto.

"C" de mim disse...

o piano tem tantas teclas, cada uma com um som mais melodioso do que o outro... um dia, apaixonamo-nos por um desses sons, soa-nos a perfeição... e começamos a tocá-lo sempre, sempre, sempre... esquecemo-nos de todos os outros, tantas vezes nem nos damos oportunidade de tocar ao lado, saborear outras claves, outras escalas...

querer é o primeiro passo para conseguir =)

beijinho*

disse...

nossa, por um breve momento achei que era a morte. ou talvez será.

que bom poder começar de novo...

muito bom, beijos

Inês disse...

Gostei mesmo do poema :)

corazón disse...

vontade de escrever, não é bem assim. quando se tem ideias ou sentimentos a mais escreve-se, não é bem uma questão de vontade (: beijinhos *