terça-feira, 4 de novembro de 2008

Preciso de algo novo

foto by ~psyemotion - deviantART

O tempo vai passando
Tudo vai ficando para trás
Guardado na memória
Com um sorriso a fechar
Procurando um novo caminho
Para me poder encontrar
Mas está tudo tão distante
Tão dificil para me poder aproximar
Por isso..
Vou caminhando sem rumo
Por esta estrada sem fim
Deixando marcas por onde passo
Até um dia eu partir

18 comentários:

Sun , «3 disse...

lol mas em alguma parte do que esta la escrito ta a dizer que eu o quero ou estou a tratar maL?!
Acho que nao.
Alias, como ja referi, muito o que posto naquele blog, nao é verdade.

Não sou uma dramatica,muito menos infeliz, como muitas vezes posso mostrar ser. É apenas uma maneira de me expressar.


bonito post;)
beijo*

Sun , «3 disse...

lool eu nao estou nervosa.
E Nem tens que pedir desculpas,
apenas esclareci algumas coisas,
mais nada.
Expressas-te como quiseres ;)


beijO*

cαтια. disse...

Nunca te esqueças do caminho que trilhaste, pois as pegadas poder-se-ão apagar com o tempo.
Um beijinho*

Ana Carolina disse...

Eu não diria que seja um "problema", mas sim o "desafio da vida"

Procura o caminho, e anda sem rumo ;)* Eu às vezes faço isso! Simples e bonito post ;)*

Ana Monteiro disse...

E é sempre assim. Passageiro, intenso. Arrebatador até.

Vai-se andando, não é ?

:*

A Rapariga Assim Assim disse...

Hummm... acho que andaste à roda e paraste e agora tens aquela sensação estranha que te estás a mexer mas, na realidade, estás parado. Tens que deixar passar e depois então caminhas!
Sou sempre a mesma desmancha prazeres, eu sei!

Pedro disse...

Ena, estou a ver que andas a usar as minhas "fotos"...

Sempre ficava-te melhor se me tivesses pedido para a meter aqui, como costumam fazer, se o problema fosse não conseguir contactar-me :/

As marcas ficam onde as queremos deixar, por vezes sem querer, outras nem por isso, mas a verdade é que muitas acabam por ficar, só o tempo as faz desvanecer.

Novos caminhos são sempre percorridos, parar é morrer.

Edu disse...

Precisas e de deixar o velho para tras. Isso sim.
Abraço

"C" de mim disse...

anda sem rumo, quando menos esperares terás encontrado o teu caminho =) apenas nunca mas nunca pares porque o tempo não espera por ti!

beijinhos* =)

Ana Monteiro disse...

Oh, não! A sério!
Como a minha vida não passa por ele normalmente, deixo que o pedaço que vive POR ele se solte e invada as palavras.

:$

Edu disse...

Entao pa nao usaste o templete tao lindo que te aconselhei? era tao fofo pah.

Blad3 disse...

Apenas segue em frente ;]
Esquece o passado :)

Joana disse...

(já vai em 12 e eu ainda não comentei?! :p)

gostei!
mas acho que além de deixar andar, também devemos moldar as coisas da forma como as queremos... ;)
nem sempre resulta, mas é bom tentar!

Paradoxos disse...

encontra o caminho do teu encontro nestas palavras que escreves de forma tão exemplar!

adorei o texto - poematicametente muito bem escrito!

abraço

Paradoxos disse...

"poematicamente"

gotinha disse...

Caminhos e mais caminhos, tantos que se pode percorrer...

No final o que conta é deixarmos as nossas pegadas bem impressas neste caminho que alguns dizem chamar-se Vida!

um beijo*!

(=

Annie disse...

Gosto imenso de como escreves os teus textos, de uma forma tão simples e clara. :)
Sabes, já percorri muitas dessas estradas e finalmente já consegui guardar o que ha de bom para guardar com um sorriso. ^^ Mais cedo ou mais tarde, tu tambem vais conseguir, força!

disse...

tá, eu acho que eu prefiro só refletir, do que falar besteira. porque é tão complexo pra mim esse negócio de tempo?

beijos