terça-feira, 14 de outubro de 2008

O bate na mesma tecla!


Ainda me amas?
Ou só antes é que me amavas?
Ainda estás comigo?
Ainda posso segurar em tua mão?
Não te quero perder
Não quero sair desse pedaço mesmo pequeno que ele seja
Ainda posso dizer que é meu
Como digo que este pedaço dentro de mim é teu?

Duvidas que me atormentam todos os dias
Mas e se as respostas nao são aquilo que desejo ouvir?
E se tudo aquilo que desejo é apenas ilusão agr?
Porque ainda bates tanto dentro de mim?
Não.. não te quero arrancar cá pra fora
Iria estar a arrancar a minha vida!

Noites vazias como esta
Que me fazem lembrar de ti
Como as completavas..
Como eu te sentia presente mesmo estando longe
Agora minha cama está fria
Meu coração está gelado por não sentir o teu!


Amo-te? Amo-te.... melhor amiga!


(Desculpem o bater na mesma tecla, mas até a outra dar melodia.. só nesta poderei tocar...)

15 comentários:

Joana disse...

Está lindo... :$ :O

Inês Miguel disse...

nao sabia k o markinho era poeta :) textos excelentes ;)!
gostei especialmente da ultima frase, ta lá!
um beijo**

A Rapariga Assim Assim disse...

Sabes uma coisa? A amizade por vezes impede-nos de matar o amor que está dentro de nós, mas até ela só prevalece se ele acabar por ser arrancado do nosso peito!

Tens que a deixar ir embora... digo eu que não pesco nada da vida!
Beijo.

Blad3 disse...

Eh pah o amor é mesmo cobarde ;S
Foge sempre de nós! :S
Gostei ;]

PaulaPan disse...

Fds e bate á vontade nessa tecla, pois enkuanto bate é sinal k ainda vives ...
Adorei OBLAAAA xD

Edu disse...

E tu ? Será que a amas mesmo? Ou amas o que ela te fazia sentir? Amas aquele passado em que te sentias amado. Mais do que amar outra pessoa , amavas o teu proprio bem estar. Ou será que a amavas mesmo? Ao ponto de a veres partir para outro porto de abrigo e ainda assim a ajudares a encontrar o melhor caminho? Por vezes sabes, as notas fora de tom de tudo o que vemos voar para longe de nós, com o tempo essas notas agora sem nexo juntam.se no teu coraçao para formar uma musica bonita.
Abraço

Ana Monteiro disse...

Não sabes como me 'reli' neste texto. Tantas perguntas por responder ...

;$

Cadinho RoCo disse...

Existem momentos que não conseguem sair do mesmo tom.
Cadinho RoCo

Annie disse...

Enquanto esses sentimentos existirem dentro de ti irás sempre bater na mesma tecla, é mesmo assim! Mas segundo o que percebi, esse sentimento que parece ir para além da amizade, tu não queres que acabe. Queres continuar nessa melodia. Será isso realmente bom? Doi muito mas.. por vezes é melhor deixar que essa melodia acabe para outra puder tocar.

Edu disse...

Ainda bem que nao me levas.te a mal no coment k te fiz. E percebeste o que eu queria dizer.
Abraço

c.b. disse...

gostava de poder falar contigo...acho que podemos partilhar muitas coisas comuns... se quiseres, adiciona

violet-soul@hotmail.com

beijinho*

cαтια. disse...

"Amo-te? Amo-te... melhor amiga!"
Estas palavras dizem tudo.

Um beijinho*

Joana disse...

sabes? esse pedaço, agora é pequeno, de facto, mas podes dizr que é teu

Sun , «3 disse...

Bem...eu não sei o que dizer.
Se nem tu consegues responder a estas perguntas, tão pouco eu.

Boas teclas as tuas :)

beijinho

Vanessa disse...

Gostei maninho !
Se for tudo verdadeiro , o futuro esperár-te-á de braços aberto e certamente com muita felicidade pra te dar !